Ana Carolina "Carvão" lyrics

Translation to: EN HU

Surgiu como um clarão
Um raio me cortando a escuridão
E veio me puxando pela mão
Por onde não imaginei seguir
Me fez sentir tão bem, como ninguém
E eu fui me enganando sem sentir
E fui abrindo portas sem sair
Sonhando às cegas, sem dormir
Não sei quem é você

O amor em seu carvão
Foi me queimando em brasa no colchão
E me partiu em tantas pelo chão
Me colocou diante de um leão
O amor me consumiu, depois sumiu
E eu até perguntei, mas ninguém viu
E fui fechando o rosto sem sentir
E mesmo atenta, sem me distrair
Não sei quem é você

No espelho da ilusão
Se retocou pra outra traição
Tentou abrir as flores do perdão
Mas bati minha raiva no portão
E não mais me procure sem razão
Me deixe aqui e solta a minha mão
Eu fui fechando o tempo, sem chover
Fui fechando os meus olhos, pra esquecer
Quem é você?

It emerged like a flash
A thunder that ended my darkness
And got me by the hand
Through places where I've never thought about wandering
I felt so good, as no one has ever felt
I was misled without feeling it
I was opening doors without ever going out
Dreaming blindly, without sleeping
I don't know who you are

The love in your coal
Kept on burning me while I was on the mattress
And broke me in many others on the ground
Put me in front of a lion
Love consumed me and then it went away
I even wondered, but no one saw it
And I was turning my back without feeling
And even aware, without any distraction
I don't know who you are

In the mirror of illusion
You got ready to cheat on me again
You tried to give me the flowers of forgiveness
But I slammed my door angrily
Don't you ever try to search for me unintentionally
Leave me here and let my hand go
I made the sky go dark, without raining
I was closing my eyes so that I could forget
Who are you?