Terroristic russia is bombing Ukraine now.
Please, go and ask your governments to stop them.
Ask to switch them off SWIFT, payments, exports, EVERYTHING!
Help Ukraine financially:
Bank of Ukraine

Nando Reis "Azul de Presunto" paroles

Traduction vers: EN

Onda vira carne
A gordura do seu nervo é espuma
O mar é uma fatia fina
Luz que anula o azul de presunto
O mar provém do porco o mesmo ronco
Em outro tom e voltagem
Será que porco é um polvo rosa
Ou um porco roxo é que é polvo?

Sou ou não sou
Eu não sei mais lembrar quem eu sou
Sou o que sou
E ninguém vai dizer quem eu sou

Pedra é veia areia no seu corpo corre sal feito sangue
Sal é mineral e o Pão de Açúcar é uma pedra doce
Descobre o paladar se frio é quente a vontade mistura

A realidade é como o ar, é invisível
Impossível de tocar e olhar e provar
A gente apenas sente

Sou ou não sou
Eu não sei mais lembrar quem eu sou
Sou o que sou
E ninguém vai dizer quem eu sou
Sou ou não sou
Eu não sei mais lembrar quem eu sou
Sou o que sou
E ninguém vai dizer quem eu sou

Mar feito de carne, um presunto azul
E guelras no porco?
Pedra é areia e não tem sangue
Quem já viu um porco falante?
Pedra só é pedra, pedra é pedra, pedra antes
Pedra ontem era pedra hoje, pedra agora, pedra
Será pedra, será pedra

Era pedra, era pedra pra sempre
Diferente de quem é você
De ser você
Cê quer o que?
Quem vai saber?
Ninguém, jamais
Se é só você? Sim é!

Sou ou não sou
Eu não sei mais lembrar quem eu sou
Sou o que sou
E ninguém vai dizer quem eu sou
Sou ou não sou
Eu não sei mais lembrar quem eu sou
Sou o que sou
E ninguém vai dizer quem eu sou

Onda vira carne
A gordura do seu nervo é espuma
O mar é uma fatia fina
Luz que anula o azul de presunto
O mar provém do porco o mesmo ronco
Em outro tom e voltagem
Será que porco é um polvo rosa
Ou um porco roxo é que é polvo?

Sou ou não sou
Eu não sei mais lembrar quem eu sou
Sou o que sou
E ninguém vai dizer quem eu sou
Sou ou não sou
Eu não sei mais lembrar quem eu sou
Sou o que sou
E ninguém vai dizer quem eu sou

Pedra é veia areia no seu corpo corre sal feito sangue
Sal é mineral e o Pão de Açúcar é uma pedra doce
Descobre o paladar se frio é quente a vontade mistura

A realidade é como o ar, é invisível
Impossível de tocar e olhar e provar
A gente apenas sente

Sou ou não sou
Eu não sei mais lembrar quem eu sou
Sou o que sou
E ninguém vai dizer quem eu sou
Sou ou não sou
Eu não sei mais lembrar quem eu sou
Sou o que sou
E ninguém vai dizer quem eu sou

Mar feito de carne, um presunto azul
E guelras no porco?
Pedra é areia e não tem sangue
Quem já viu um porco falante?
Pedra só é pedra, pedra é pedra, pedra antes
Pedra ontem era pedra hoje, pedra agora, pedra
Será pedra, será pedra

Era pedra, era pedra pra sempre
Diferente de quem é você
De ser você
Cê quer o que?
Quem vai saber?
Ninguém, jamais
Se é só você? Sim é!

Sou ou não sou
Eu não sei mais lembrar quem eu sou
Sou o que sou
E ninguém vai dizer quem eu sou
Sou ou não sou
Eu não sei mais lembrar quem eu sou
Sou o que sou
E ninguém vai dizer quem eu sou

The waves turn into flesh
The fat in your nerves is like foam
The sea is a thin slice
A light that erases the blueness of the ham
The sea comes from the pig, the same noise
In a different tone and voltage
Could pigs be purple octopuses
Or are purple pigs actually octopuses?

Am I or am I not?
I don't know how to remember who I am anymore
I am what I am
And no one will tell me who I am

Rocks are veins, sand in your body, salt flows like blood
Salt is a mineral and the Sugar Loaf is a sweet rock
Your mouth discovers if cold is actually warm, it mixes the want

Reality is like air, it's invisible
We can't touch, see or taste it
We only feel it

Am I or am I not?
I don't know how to remember who I am anymore
I am what I am
And no one will tell me who I am
Am I or am I not?
I don't know how to remember who I am anymore
I am what I am
And no one will tell me who I am

Sea made of flesh, a blue kind of ham
Are there gills in the pig?
Rocks are sand and have no blood
Have you ever seen a talking pig?
Rocks are only rocks, rocks are rocks, rocks before
What was a rock before is a rock today, rock now, rock
Will remain a rock, will remain a rock

It was a rock, it was eternally a rock
Different from who you are
Of being you
What do you want?
Who shall know?
No one, ever
If it's just you? Yes, it is!

Am I or am I not?
I don't know how to remember who I am anymore
I am what I am
And no one will tell me who I am
Am I or am I not?
I don't know how to remember who I am anymore
I am what I am
And no one will tell me who I am

The waves turn into flesh
The fat in your nerves is like foam
The sea is a thin slice
A light that erases the blueness of the ham
The sea comes from the pig, the same noise
In a different tone and voltage
Could pigs be purple octopuses
Or are purple pigs actually octopuses?

Am I or am I not?
I don't know how to remember who I am anymore
I am what I am
And no one will tell me who I am
Am I or am I not?
I don't know how to remember who I am anymore
I am what I am
And no one will tell me who I am

Rocks are veins, sand in your body, salt flows like blood
Salt is a mineral and the Sugar Loaf is a sweet rock
Your mouth discovers if cold is actually warm, it mixes the want

Reality is like air, it's invisible
We can't touch, see or taste it
We only feel it

Am I or am I not?
I don't know how to remember who I am anymore
I am what I am
And no one will tell me who I am
Am I or am I not?
I don't know how to remember who I am anymore
I am what I am
And no one will tell me who I am

Sea made of flesh, a blue kind of ham
Are there gills in the pig?
Rocks are sand and have no blood
Have you ever seen a talking pig?
Rocks are only rocks, rocks are rocks, rocks before
What was a rock before is a rock today, rock now, rock
Will remain a rock, will remain a rock

It was a rock, it was eternally a rock
Different from who you are
Of being you
What do you want?
Who shall know?
No one, ever
If it's just you? Yes, it is!

Am I or am I not?
I don't know how to remember who I am anymore
I am what I am
And no one will tell me who I am
Am I or am I not?
I don't know how to remember who I am anymore
I am what I am
And no one will tell me who I am